10 dicas para melhorar o seu Wi-Fi
Postado em 
08 de Fevereiro de 2017
10 dicas para melhorar o seu Wi-Fi

Sua internet em casa está lenta? A culpa pode não ser da operadora. Alguns problemas, como a distância entre o roteador e o dispositivo e até inferências de usuários não convidados, podem atrapalhar o desempenho da web. Listamos abaixo 10 dicas que podem melhorar o seu Wi-Fi e acabar com a dor de cabeça. Confira:

 

1. Atualize o firmware

 

Pouca gente sabe, mas os roteadores também precisam ser atualizados. Novas versões do firmware ajudam a melhorar o desempenho e também podem proteger o dispositivo de ataques.

 

Os roteadores mais recentes contam com um processo de atualização ao alcance do usuário, isto é, basta apertar um botão para atualizá-lo. Para quem possui aparelhos mais antigos, é preciso primeiro encontrar o firmware no site da fabricante e baixá-lo.

 

2. Melhore a posição do roteador

 

A posição do emissor de sinal pode interferir na cobertura. Se o roteador for sem fio, evite espaços fechados e fique longe de paredes e obstruções. É bom lembrar que nem sempre as barreiras são físicas: aparelhos que consomem muita energia também impactam no desempenho do Wi-Fi.

 

Se o roteador tiver antenas externas, posicione-as na vertical e prefira colocá-lo em locais altos.

 

3.  Saiba qual é a frequência

 

Na interface de administrador da rede, certifique-se de configurá-la. Em caso de um roteador de banda dupla, é aconselhável alterar a frequência para 5 GHz, mais do que os 2,4 GHz. Isso ajuda a melhorar o desempenho porque essa frequência não é tão usada quanto a outra.

 

4. Altere o canal

 

Todos os roteadores modernos são multicanais, o que elimina o problema de congestionamento de sinal. No prompt de comando, digitando “netsh wlan show all” você terá acesso a todas as redes sem fio e canais que são usados na vizinhança. Escolha um canal menos congestionado e configure o roteador para usá-lo. A opção costuma ficar nas configurações básicas do Wi-Fi.

 

5. Defina prioridades

 

Limite a quantidade de largura de banda que os aplicativos usam. É possível especificar quais deles são prioridade e quais não são. Essas configurações são encontradas nas configurações avançadas do roteador. Em alguns modelos, há até configurações predefinidas, como a de games.

 

6. Considere trocar de roteador

 

Se você comprou um roteador há bastante tempo, pode ser a hora de trocá-lo. Os modelos antigos estavam no padrão 802.11g, que garante velocidade de até 300 Mbps, mas novas versões prometem até 1 Gbps. É bom checar também se seu PC está preparado para o novo roteador.

 

7. Troque a antena

 

Se o dispositivo possui uma antena interna, o sinal pode melhorar simplesmente adicionando uma antena externa. Fabricantes do segmento vendem antenas omnidirecionais, isso é, que enviam sinais para todas as direções. 

 

8. Extensor sem fio

 

Em alguns casos, a capacidade do roteador é menor do que o espaço que ele deve cobrir. Assim, a dica é comprar um extensor de sinal, ou repetidor sem fio. Ele ajuda também em ambientes com paredes grossas ou estruturas que bloqueiam o Wi-Fi.

 

O repetidor deve ficar próximo ao roteador e também dos pontos fracos, onde o sinal não chega.

 

9. Adicione pontos de acesso

 

Os pontos de acesso funcionam como uma alternativa aos extensores. Eles trabalham em conjunto para criar uma rede na qual cada unidade transmite sinais à outra, o que resulta em uma rede sem fio forte e estável.

 

10. Conheça seu roteador por dentro

 

Conhecer todos os recursos escondidos na interface de administrador de rede pode ajudar a deixar a rede mais rápida e mais segura. Procure saber sobre o código-fonte de seu dispositivo no site da fabricante. Em algumas páginas é possível até baixar as informações.

 

Fonte: Olhar Digital



Deixe seu comentário!

Premmio - 10 dicas para melhorar o seu Wi-Fi Premmio - Noticias


Copyrigh © 2012 - 2017 - WWW.PREMMIO.COM.BR - Todos os Direitos Reservados.
DESENVOLVIDO POR WANDERSON MOREIRA